Beb√™ que morreu após estupro no Paran√° chegou em parada respiratória na UPA

Por Cianotícias em 27/05/2024 às 17:01:04

A criança de 1 ano que morreu após ser vítima de estupro em Castro chegou a ser levada para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) pelo próprio padrasto, acompanhado da madrinha, mas quando chegou na unidade estava em parada respiratória. Após 45 minutos de manobras de reanimação, a criança morreu.

De acordo com a Delegada de Polícia Renata de Souza Batista, a vítima sofreu lesões na região íntima e estava com sinais de asfixia. A mãe deixou a criança com o padrasto, de 27 anos, para poder trabalhar, ele foi preso no domingo (26).

O corpo da vítima foi encaminhado até a Polícia Científica, para a an√°lise detalhada e busca de vestígios, e para a confirmação da causa da morte.

O homem foi preso e encaminhado até a 43¬™ Delegacia Regional de Polícia Civil de Castro, onde foi autuado em flagrante pelo crime de estupro de vulner√°vel qualificado pelo resultado morte.



Fonte: Catve

Comunicar erro
banner 728X90 UP AGENCY

Coment√°rios