80% dos municípios paranaenses registraram aumento de emprego formais em 2024

Por Cianotícias em 30/05/2024 às 15:42:50
Foto: Gilson Abreu/Arquivo AEN

Foto: Gilson Abreu/Arquivo AEN

Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta quarta-feira (20) pelo Ministério do Trabalho e Emprego apontam que 317 dos 399 municípios do Paran√° registraram crescimento no número de vagas de emprego com carteira assinada no primeiro quadrimestre de 2024. Na pr√°tica, quase 80% das cidades paranaenses tiveram mais admissões do que demissões entre janeiro e abril desse ano.

Em todo o Paran√°, houve 87.838 contratações a mais do que desligamentos, uma média de 220 por municípios. A cidade que liderou o saldo de contratações nos quatro primeiros meses do ano foi Curitiba. A Capital registrou 23.280 novas vagas de emprego – resultado de 200.059 admissões e 176.779 demissões no período. Maring√°, com saldo de 4.768 vagas, Londrina (3.721), Cascavel (3.594), São José dos Pinhais (3.456), Ponta Grossa (2.833) e Toledo (2.035).

Segundo o governador Carlos Massa Ratinho Junior, o resultado reflete o bom momento do Paran√°, que teve o maior crescimento da atividade econômica do Brasil em 2023 e cujo Produto Interno Bruto (PIB) cresceu o dobro da média nacional. "Mais uma vez o Paran√° se destaca na geração de empregos, se consolidando como um dos mercados que mais crescem no Brasil, com resultados positivos na indústria, construção civil, comércio e agropecu√°ria", afirmou.

No total, 15 municípios paranaenses criaram mais de 1.000 vagas formais de emprego, 17 tiveram saldo entre 500 e 1.000 vagas e 285 cidades tiveram entre uma e 500 admissões a mais do que demissões. Outros tr√™s municípios – Barbosa Ferraz, Maria Helena e Ros√°rio do Ivaí – terminaram o primeiro quadrimestre de 2024 com o mesmo volume de empregos com carteira assinada.

Em relação apenas ao m√™s de abril, houve saldo positivo em 266 municípios do Paran√°. Novamente o ranking é liderado por Curitiba, com 2.907 vagas de emprego, seguida por São José dos Pinhais (1.186), Maring√° (1.112), Cascavel (760), Cornélio Procópio (559), Foz do Iguaçu (521) e Colombo (510), fechando a lista de municípios que tiveram mais de 500 trabalhadores ingressando ou reingressando no mercado de trabalho formal.

MAIOR DO SUL As 87.838 vagas com carteira assinada criadas entre janeiro e abril de 2024 no Paran√° fizeram com que o Estado fosse o maior empregador do Sul e o terceiro maior do País. Mesmo sendo o quarto estado mais populoso, o Paran√° j√° figura por tr√™s meses consecutivos no pódio do mercado de trabalho formal brasileiro, atr√°s apenas de São Paulo (287.968) e Minas Gerais (113.971), que são mais populosos.

"O Paran√° se mantém em excelente colocação no ranking de empregos, tanto no cen√°rio nacional quanto na região Sul. Isso deve aos esforços do Governo do Estado em ampliar ações focadas na empregabilidade em todos os setores da economia", comentou o secret√°rio estadual Trabalho, Qualificação e Renda, Mauro Moraes.

"Os resultados do primeiro quadrimestre e também de abril abrem uma perspectiva muito positiva para os próximos meses, de que certamente teremos, até o final do ano, um avanço muito significativo do número de pessoas empregadas em todas as regiões do Estado", concluiu.

Fonte: AEN PARAN√Ā

Comunicar erro
banner 728X90 UP AGENCY

Coment√°rios